Notícias » Policial

 

Últimas notícias

  • Cocaína apreendida em Cascavel

    Continuar lendo
  • Mulher perde controle de veiculo, invade quintal e bate na parede da casa em Toledo

    Continuar lendo
  • Caminhonete cai dentro de rio em São Miguel do Iguaçu

    Continuar lendo
  • Adolescente perde o controle da bicicleta e bate em poste em Marechal Rondon

    Continuar lendo
  • PM apreende veículo carregado com cigarros em Palotina

    Continuar lendo
  • Amistoso de voleibol adulto é realizado entre Quatro Pontes e Nova Santa Rosa

    Continuar lendo
  • PRF prende homem com meia tonelada de maconha em carro roubado

    Continuar lendo
  • Homem é preso por abusar sexualmente da própria filha em Ponta Grossa

    Continuar lendo
  • Jovem de Vera Cruz do Oeste é selecionado para Seleção Brasileira de Muay Thai

    Continuar lendo
  • Água de oito em cada dez municípios do Paraná apresenta 'coquetel' de agrotóxicos

    Continuar lendo

Ismael de Oliveira assume função de superintendente da PRF no Paraná

Sábado, 9 de Fevereiro de 2019 às 9:20

Oliveira substitui Adriano Furtado, que no início do ano tomou posse como diretor-geral da corporação, em Brasília. (Foto: PRF)

O novo superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Paraná, Ismael de Oliveira, assumiu a função na manhã desta sexta-feira (8), em Curitiba.

Oliveira substitui Adriano Furtado, que no início do ano tomou posse como diretor-geral da corporação, em Brasília. Furtado esteve presente na solenidade desta sexta-feira, que foi prestigiada por mais de 300 pessoas.

"Nós, que estamos à frente da gestão da PRF, precisamos fazer o melhor com o que hoje temos", discursou Oliveira. "Através de ações na área de inteligência, de uma atuação correicional firme. Nosso compromisso passa pela segurança viária, pelo combate firme à corrupção e ao crime organizado e pelo aprimoramento de todos os nossos serviços."

O superintendente lembrou a história de seu pai, que foi alfabetizado aos 46 anos de idade. "Ele veio de Guaíra para Curitiba com seis filhos. E ele nos dizia: Vocês precisam estudar porque isso é bonito. E nós assim o fizemos."

Recém-nomeado diretor-geral da PRF, Adriano Furtado disse estar motivado e que leva a Brasília um aprendizado de sua atuação como superintendente no Paraná. "Nosso estado ocupa uma posição de destaque, e esse destaque não foi construído por mim, superintendente, mas por essa equipe maravilhosa e por todos os nossos servidores e colaboradores, que formam um grande time", disse Furtado. "Se eu recebi o convite para assumir a Direção-Geral da PRF, foi muito pela dedicação de cada um de vocês."

Furtado também destacou a importância de a PRF desenvolver parcerias com outros órgãos. "Quanto somamos forças, os resultados aparecem. E é isso que a sociedade brasileira deseja."

Acompanharam a cerimônia, entre outras autoridades, o secretário nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Luiz Roberto Beggiora; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; parlamentares, diplomatas e dirigentes de diversos órgãos públicos e privados.

Breve perfil

Policial rodoviário federal desde 1995, Ismael de Oliveira, 46, é graduado em Direito e especialista em Trânsito, Direito Administrativo e Gestão Pública.

Natural de Guaíra (PR), Oliveira já exerceu as funções de superintendente substituto, corregedor regional, chefe da Seção Administrativa e Financeira e chefe do Núcleo de Apoio Técnico da PRF no estado.

Foi presidente da Comissão Nacional de Implantação de Leilões da PRF. Também presidiu o Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Paraná. É ainda instrutor da Academia Nacional da PRF.

Resultados da PRF no Paraná

Em 2018, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 51 toneladas de drogas e 18 milhões de carteiras de cigarro no Paraná.

Ao longo dos últimos nove anos, desde 2010, a PRF apreendeu 413 toneladas de drogas, 162 milhões de carteiras de cigarro, 1.321 armas de fogo e 135 mil munições no estado.

Também em 2018, o órgão registrou uma queda de 20% das mortes em território paranaense. O total de mortes caiu de 613, em 2017, para 490 no ano passado. O número é o mais baixo desde o início da série histórica, em 2010.

Em relação a 2012, quando 855 pessoas morreram em rodovias federais do estado, a redução de mortes atingiu um percentual de 42,7%.

A PRF fiscaliza cerca de quatro mil quilômetros de rodovias no Paraná.

Rádio Cristaluna/Portal Nova Santa Rosa 

© RADIO CRISTALINA FM 103,7
BRLOGIC